Os benefícios da integração de informações no ambiente industrial

Você já ouviu falar em Indústria 4.0? Se a resposta é não, você pode estar perdendo a oportunidade de investir em integração de informações e colocar a sua empresa na frente da concorrência para um novo mercado.

Neste post, vamos ajudar você a ficar por dentro desse assunto: o que significa essa transformação na indústria, quais os benefícios em uma gestão de dados centralizada e por que investir em um sistema tecnológico é a melhor solução para o futuro. Vamos lá?

Indústria 4.0 e a revolução no chão da fábrica

A consolidação do uso de ferramentas e processos tecnológicos em estratégias de negócio é uma nova corrida do ouro para empresas do mundo inteiro — uma mudança chamada de transformação digital.

O que era um luxo se tornou uma necessidade. Empresas que não investem em sistemas e softwares capazes de integrar e lidar com um volume tão grande de informações não conseguirão acompanhar o mercado na busca por eficiência produtiva, otimização dos lucros e adaptação a um público que muda muito rápido de opinião.

No setor de produção, essa transformação ficou mais conhecida como Indústria 4.0. Além de utilizar dados como fonte para estratégias de negócio, a integração de informações é capaz de revolucionar o chão de fábrica.

Como isso funciona? Pense na sua empresa: vocês, com certeza, têm produtos fabricados com “n” componentes e situações — uma coisa acaba sendo sempre muito interligada a outra.

Em modelos tradicionais de compartilhamento de dados (por e-mails e planilhas), há um delay muito grande no fluxo e na troca de informações cruciais para o projeto. É muito comum que essa cadeia gere conflitos, e a falta de automação e inteligência pode ocasionar erros de digitação ou conferência que resultam em grandes problemas operacionais.

É esse tipo de modelo que se torna obsoleto na Indústria 4.0. Com a utilização de tecnologia na gestão fabril, todos seus processos se tornam mais integrados, simplificados e protegidos de falhas. Tudo isso deixando o trabalho do gestor muito mais fácil.

Benefícios da integração na indústria

Como exatamente essa integração de informações beneficia a indústria? Podemos listar 6 vantagens que, com certeza, vão interessar. Veja a seguir.

Planejamento e reorganização de processos

A responsabilidade de quem gerencia o chão de fábrica é buscar sempre o máximo de eficiência em sua empresa. Isso significa conseguir produzir cada vez mais sem, necessariamente, investir em mais funcionários e maquinário.

Com a unificação da coleta e gestão de dados em um só lugar (utilizando a tecnologia), fica mais fácil ter uma visão completa desses processos a fim de planejar mudanças que realmente façam a diferença.

Um exemplo disso é um método conhecido como gestão à vista, que coloca informações relevantes a disposição de todos e promove a transparência e integração dessas informações. Como o GRV Vision da GRV Software, onde é possível  monitorar toda a fábrica com apenas uma tela (Pode ser em uma TV ou monitor na fábrica); Acompanhando cada máquina, a quantidade de horas, a programação em tempo real e ainda emite alertas automáticos através de um aplicativo de celular caso algo diferente do normal ocorra.
Com isso, você centraliza esses dados e utiliza uma nova visão de manufatura como benefício da integração. Pode ser o planejamento de novas formas de produção ou, até, o replanejamento para alterar cronogramas e adaptar a linha a novas demandas emergenciais.

Gestão de custos

É muito comum que fábricas não consigam previsibilidade em sua margem de lucro por não terem uma noção precisa de quanto gastam para produzir. Esse problema está principalmente na dificuldade em calcular custos originados em áreas diferentes.

Muitas vezes, o que acontece é que a compra de matéria-prima é calculada por um departamento, os gastos de recursos por outra pessoa, o pagamento dos funcionários por uma terceira. Tudo isso atrapalha a análise das despesas como um todo.

A solução da Indústria 4.0 para esse obstáculo é padronizar a coleta de diversas fontes em um sistema só. O empresário não vê apenas o faturamento, mas tem uma percepção real sobre a rentabilidade do negócio.

Rastreabilidade

Uma grande fonte de desperdícios e baixa otimização na indústria é a dificuldade de acompanhar e monitorar a cadeia de produção como um todo, da compra com fornecedores até o embalamento.

Utilizando a tecnologia como apoio, essas informações também podem ser integradas em tempo real. O resultado é uma linha fácil de rastrear e que permite a identificação de problemas com muito mais rapidez.

Esses dados, inclusive, podem ajudar aos gestores encontrarem formas cada vez melhores de incrementar a sua produtividade.

Controle de qualidade

Se há rastreabilidade na indústria, há mais qualidade. A partir da análise das informações coletadas em uma produção inteligente, quando temos dados integrados em um sistema de gestão, é possível ter certeza de que cada peça produzida foi inspecionada da forma correta, transportada do jeito certo e incluída na linha de produção no momento adequado.

Gestão financeira

Uma extensão do que falamos sobre gestão de custos, o gerenciamento financeiro, hoje, é fundamental para o sucesso. Por muito tempo, consolidação no mercado significava crescer — expandir, comprar mais máquinas, contratar mais e, consequentemente, produzir em maior volume.

Hoje, isso nem sempre é verdade. O mercado valoriza muito mais a eficiência e versatilidade em uma indústria do que o seu tamanho físico. A tecnologia é a sua principal aliada nessa busca.

Muitas vezes, a empresa vê apenas o valor a ser conquistado, mas esquece que, de imediato, é necessário fazer um investimento para conseguir ter a rentabilidade final do projeto. É preciso, portanto, ter uma previsibilidade no fluxo de caixa de médio a longo prazo, pois, sem isso, a fábrica está fadada a falir.

Integração entre setores financeiro, administrativo e produtivo

Como você pode ver, a integração de informações auxilia os três grandes pilares de um negócio: administração, finanças e operação. Mas não é só isso, uma vez que sistemas capazes de automatizar a gestão de dados podem integrar também esses departamentos em um único ambiente.

Isso significa ter uma visão precisa de como as ações em um desses setores afetam os outros departamentos. Dessa forma, otimizam-se os três ao mesmo tempo para alcançar o verdadeiro potencial do seu negócio.

A Indústria 4.0 é uma revolução completa, mas o sucesso apenas é atingido quando enxergamos a fábrica tal qual um só grande organismo, com todos os seus processos unificados.

Integração de informações na indústria

Não existe muita dúvida: para alcançar o status de Indústria 4.0 e sobreviver nesse novo mercado, o investimento em tecnologia é o primeiro passo.

Nesse caso, é fundamental adotar um software que seja especializado e aderente à atividade industrial. O importante é que esse sistema de gestão seja pensado para as especificidades da indústria e forneça ferramentas que complementem o seu trabalho com visão completa de negócio e otimização na gestão de dados.

Ou seja, um ERP industrial é vital para o seu sucesso. Para qualquer empresa no setor é insustentável operar pura e simplesmente com planilhas do Excel.

Integração de informações é uma arma poderosa para a eficiência. Se a organização não tem as informações controladas em um ambiente otimizado e com processos e regras bem definidos, ela está fadada a um desempenho muito fraco e, possivelmente, ao fracasso no mercado.

Gostou do conteúdo e quer receber mais textos como este diretamente em sua caixa de entrada? Então não deixe de assinar a nossa newsletter e ficar por dentro de todas as novidades!

Entre em contato

19 4062-9702 
contato@grvsoftware.com.br

Vinhedo - SP (19) 4062-9702
São Paulo - SP (11) 4063-9675
Caxias do Sul - RS (54) 3013-9019
Joinville - SC (47) 3032-0773
Belo Horizonte - MG (31) 4063-9065
Rio de Janeiro - RJ (21) 4063-6075
Curitiba - PR (41) 4063-9657
Serra - ES (27) 4062-9704
Londrina - PR (43) 3032-1626
Porto Alegre - RS (51) 4063-9731